Suplementação de COQ10

A Coenzima Q10 (CoQ10), é uma benzoquinona presente em praticamente todas as células do organismo e que participa dos processos de produção de ATP (energia).

A coenzima Q10 apresenta ainda outros benefícios:

  • antioxidante potente
  • melhora a qualidade de vida na melhor idade
  • coadjuvante em mitocondriopatias
  • melhora o índice glicêmico
  • neuroprotetor
  • reduz o risco de lesão muscular em atletas
  • previne cardiopatias

Mecanismo de ação

A absorção da CoQ10 proveniente da dieta (ou suplementos) ocorre no intestino delgado e é influenciada pela presença de alimentos e bebidas, sendo melhor absorvida na presença de alimentos ricos em lipídeos. Depois de absorvida, a CoQ10 é transportada ao fígado onde é incorporada dentro de lipoproteínas e concentrada nos tecidos. A concentração de CoQ10 nos tecidos humanos atinge o auge aos 20 anos, reduzindo com a idade, o que aumenta a necessidade de suplementação, já que a deficiência de CoQ10 pode causar danos no cérebro, em outros órgãos e mitocôndrias no organismo.

Conheça a composição da CoQ10 BIOCELL

Nossa fórmula exclusiva aumenta o gasto energético nos músculos promovendo emagrecimento e melhor aproveitamento da energia na atividade física graças à associação da Coenzima Q10 aos minerais, vitaminas e aminoácidos envolvidos no metabolismo energético:

Zinco: cofator enzimático em mais de 200 metaloproteínas e mais de 50 enzimas, consequentemente o mineral possui propriedade antioxidante (devido a sua atuação sobre a superóxido dismutase), está envolvido no metabolismo da somatomedina, na modulação da prolactina, na ação da insulina e de hormônios do timo, tiroide, suprarrenal e testículos.

Cobre: atua como cofator em sistemas enzimáticos, constitui a ceruloplasmina (importante antioxidante sanguíneo e anti-inflamatório, que é responsável por catalisar a oxidação de ferro elementar). O mineral ainda participa na formação e na manutenção da mielina, na mineralização esquelética, possui ação antibacteriana e atua no controle da pressão arterial.

Selênio: importante mineral com ação antioxidante que atua em todas as células, é necessário para a síntese de glutationa peroxidase (enzima que combate o estresse oxidativo), potencializa a atividade antioxidante da Vitamina E, ajuda a reduzir a peroxidação lipídica e a neutralizar os radicais peróxidos de hidrogênio.

Vitamina E: potente antioxidante contra a peroxidação lipídica, sua suplementação reduz os níveis circulantes de colesterol e de citocinas pro-inflamatórias. Age beneficiando pele e cabelos e atua sobre o tecido nervoso e muscular.

Vitamina A: é importante para a saúde da pele e auxilia na resistência imunológica contra infecções respiratórias. Ela ainda atua na expressão gênica de proteínas estruturais, sendo fundamental para a manutenção da integridade das células epiteliais, na secreção e proliferação de linfócitos e na secreção do hormônio do crescimento (GH).

Vitamina D: é um pró-hormônio, importante para o equilíbrio do cálcio e outros nutrientes na formação e manutenção da estrutura óssea. A mesma é importante para a recuperação de estruturas que são submetidas a danos e processos inflamatórios, como o músculo esquelético quando é submetido ao exercício físico.

Biotina: auxilia o crescimento celular, o metabolismo de macronutrientes (carboidratos, gorduras e proteínas) e utilização de vitaminas do complexo B. Importante na saúde dos cabelos e da pele.

L-Arginina: estimula a hipófise, aumentando a secreção do hormônio de crescimento; isso explica sua ação queimando gorduras e promovendo o desenvolvimento da massa muscular.

L-Lisina: é fundamental para a formação de ossos, de cartilagens e contribui para a melhora do desempenho atlético.

Referencias Bibliográficas:

Littarru GP. Energy and defense. Facts and perspectives on Coenzyme Q10 in biology and medicine. Casa Editrice Scientifica Internazionale. 1994; 1-91

Okamoto T. et al. Interna.J.Vit.Nutr.Res. 1989; 59:288-292

Aberg,F. et al. Archives of Biochemistry and Biophysics. 1992; 295:230-234

Shindo Y, Witt E, Han D, Epstein W, and Packer L. Enzymic and nonenzymic antioxidants in epidermis and dermis of human skin, Invest. Dermatol. 1994; 102:122-124.

Linnane AW, Kovalenko S, Gingold EB. The university of bioenergetics disease: age associated cellular bioenergetics degradation and amelioration therapy. Ann NY Acad Sci, 1998; 854:202-213.

Bliznakov E. Aging, mitochondria, and coenzyme Q10: The neglected relationship. Biochimie, 1999; 81:1131-1132.

Suplementação de Zinco Cromo Biocell

Benefícios da Suplementação de Zinco Cromo:

Esse suplemento é composto por zinco e cromo. Sua ação ocorre principalmente no eixo hipófise-pancreático, ou seja, atua sobre a produção de insulina.

O zinco é o mineral mais envolvido produção e ação de hormônios. Consequentemente à sua ação como cofator, o mineral possui propriedade antioxidante (devido a sua atuação sobre a superóxido dismutase), está envolvido no metabolismo da somatomedina, na modulação da prolactina, na ação da insulina e de hormônios do timo, tireoide, suprarrenal e testículos. O zinco é necessário na função sexual, pois atua na maturação do esperma, na ovulação e na fertilização.

O Cromo é essencial para a manutenção da glicose no sangue, pois  ele ativa a tirosina quinase nos receptores insulínicos, tornando-os mais sensíveis  para a ação da insulina.

Além de regular a ação da insulina nos receptores, esse mineral está associado à redução dos níveis de LDL-c, colesterol total, triacilgliceróis e ao aumento dos níveis de HDL.

Aplicações Clínicas da Suplementação do Zinco Cromo (Orientada por médico ou nutricionista):

Obesidade
Sonolência pós-prandial
Mal estar antes das refeições
Bulimia (controlar a compulsão alimentar/associar ao Neurocell)
Diabetes tipo I e II
Intolerância Glicídica
Resistência periférica a insulina
Alterações no metabolismo glicídico
Emagrecimento
Síndrome neuroendócrina hipófiso-pancreática


Referência bibliográfica:

Paschoal, V.; Marques, N.; Cant’Anna, V. Nutrição Cínica Funcional: Suplementação. São Paulo: Valéria Paschoal Editora Ltda, v. 1, 2015.

Padrazzi, Pierre. l’ Oligotherapie Reactionnelle. Ed. Similia.

Ménétriér, Jean.  A medicina das funções. Ed. Organon.


Suplementação de Zinco Cobre Biocell

Benefícios da Suplementação de Zinco Cobre:

Esse suplemento é composto por zinco e cobre. Sua ação ocorre principalmente no eixo hipófise-gonadal, ou seja, sobre os hormônios sexuais.

O zinco é o mineral mais envolvido produção e ação de hormônios.

Consequentemente à sua ação como cofator, o mineral possui propriedade antioxidante (devido a sua atuação sobre a superóxido dismutase), está envolvido no metabolismo da somatomedina, na modulação da prolactina, na ação da insulina e de hormônios do timo, tireoide, suprarrenal e testículos. O zinco é necessário na função sexual, pois atua na maturação do esperma, na ovulação e na fertilização.

O Cobre atua como cofator em sistemas enzimáticos: monoamina oxidase, diamina oxidase, lisil oxidase, ceruloplasmina, tirosinase e superóxido dismutase.

Aplicações Clínicas da Suplementação do Zinco Cobre (Orientada por médico ou nutricionista):

Peles oleosas e acneicas
Síndrome neuroendócrina hipófise-gonadal
Retardo no desenvolvimento pondo-estatural
Atraso na maturação sexual
Estimulação glandular
Desfuncionamento ovariano e do ciclo menstrual
Impotência sexual
Desinteresse sexual
Disfunção tireoidiana
Distúrbios hormonais na menopausa
Andropausa
Importante a suplementação durante a puberdade
*Não suplementar em caso de Câncer de Próstata

Referência bibliográfica:

Paschoal, V.; Marques, N.; Cant’Anna, V. Nutrição Cínica Funcional: Suplementação. São Paulo: Valéria Paschoal Editora Ltda, v. 1, 2015.

Padrazzi, Pierre. l’ Oligotherapie Reactionnelle. Ed. Similia.

Ménétriér, Jean.  A medicina das funções. Ed. Organon.

Suplementação de Vitta Sele Biocell

Benefícios da Suplementação de Vitta B6:

O VITTA SELE é um suplemento antioxidante completo graças a sinergia do Selênio com as Vitaminas A e E.

Além disso, a Vitamina E possui a capacidade de reduzir a proliferação celular, devido ao seu efeito inibitório sobre a proteína quinase C (PKC) e B (PKB), e a Vitamina A atua na expressão gênica de proteína estruturais; essas duas funções, combinadas ao efeito antioxidante, atuam na prevenção o câncer.


Aplicações Clínicas da Suplementação do Vitta Sele (Orientada por médico ou nutricionista):

Revitalizante celular
Antioxidante
Combate excesso de radicais livres
Anticancerígeno
Anti senescente 
Auxilia a recuperação em caso de enfarte
Auxilia a recuperação em caso de trombose 
Artrite
Degeneração celular
Idosos
Neoplasias

Referência bibliográfica:

Paschoal, V.; Marques, N.; Cant’Anna, V. Nutrição Cínica Funcional: Suplementação. São Paulo: Valéria Paschoal Editora Ltda, v. 1, 2015.

Padrazzi, Pierre. l’ Oligotherapie Reactionnelle. Ed. Similia.

Ménétriér, Jean.  A medicina das funções. Ed. Organon.

Suplementação de Vitta B6 Biocell

Benefícios da Suplementação de Vitta B6:

O Vitta B6 é um suplemento composto por Magnésio, Selênio e Vitamina B6 (Piridoxina).


O VITTA-B6 possui composição semelhante ao Neurocell (suplemento indicado para depressão, ansiedade e insônia), entretanto sua ação é mais voltada para a cognição, hiperatividade e déficit de atenção devido à presença de Vitamina B6 em sua composição. A suplementação dessa vitamina apresenta efeitos positivos no desempenho cognitivo e capacidade de memória e concentração.

A Vitamina B6 atua como cofator em mais de 100 reações enzimáticas, incluindo reações do metabolismo de aminoácidos e proteínas como: hemoglobina, serotonina, fosfolipídios, niacina, hormônios e prostaglandinas. A vitamina promove a clivagem de glicogênio em glicose-1-fosfato. Devido a sua ação sobre a  modulação dos níveis de homocisteína, atua na prevenção de aterosclerose.


Sintomas da Deficiência de Vitamina B6:

Depressão
Distúrbios do sono
Inflamação dos nervos
Síndrome pré-menstrual
Letargia
Diminuição da concentração
Mobilidade alterada
Homocisteína elevada
Náuseas e vômitos
Dermatite seborreica
Eczema em boca, nariz e ouvidos
Estomatite angular
Glossite e Queilose
Anemia microcítica
Aumento no risco de convulsões
Doenças cardiovasculares


Aplicações Clínicas da Suplementação do Vitta B6 (Orientada por médico ou nutricionista):

Estresse

Ansiedade

Distúrbios de memória

Distúrbios de concentração

Anti espasmódico

Cardioprotetor

Hiperatividade

Alterações de humor (irritabilidade e depressão) na fase pré menstrual (TPM) e menopausa

Déficit de atenção

Dislexia

Referência bibliográfica:

Paschoal, V.; Marques, N.; Cant’Anna, V. Nutrição Cínica Funcional: Suplementação. São Paulo: Valéria Paschoal Editora Ltda, v. 1, 2015.

Padrazzi, Pierre. l’ Oligotherapie Reactionnelle. Ed. Similia.

Ménétriér, Jean.  A medicina das funções. Ed. Organon.


Suplementação de Vitta C Biocell

Benefícios da Suplementação de Vitta C:

Além dos benefícios dos 4 minerais presentes nesse suplemento, destacando as ações sobre o sistema imunológico, inflamações e infecções, ele conta com os benefícios da Vitamina C. Essa vitamina atua como um potente agente antioxidante, cofator em reações que necessitam a redução de metaloenzimas de ferro e cobre e confere proteção ao ácido fólico. Ela é essencial para a hidroxilação dos resíduos de prolina e lisina, para a formação de hidroxiprolina, consequentemente, para produção de colágeno e para metilação de lisina e metionina, essenciais à síntese de carnitina.

A Vitamina C  é necessária para a síntese de catecolaminas e hormônios do estresse. Também atua na inibição da liberação de histamina,  no aumento da produção de leucócitos e dos níveis imunoglobulinas, na produção de interferon e na modulação da síntese de prostaglandinas.

Sintomas da Deficiência de Vitamina C:

  • Dificuldade de cicatrização
  • Alterações da pele
  • Coloração amarelo pálido na pele
  • Hiperqueratose folicular
  • Sangramento em músculos de grande utilização
  • Fraturas
  • Fragilidade dos dentes
  • Lesões em tecidos conectivos
  • Fragilidade capilar
  • Hemorragias e Hematomas
  • Fraqueza muscular
  • Gengivite e sangramento gengival
  • Anemia
  • Falta de apetite
  • Danos ao crescimento
  • Dores nos tendões e inchado nas articulações

Aplicações Clínicas da Suplementação de Vitta C (Orientada por médico ou nutricionista)

  • Regula o sistema imunológico
  • Atua sobre a esfera otorrinolaringológica
  • Antioxidante
  • Anti infeccioso
  • Anti inflamatório
  • Gripes
  • Viroses
  • Bronquite
  • Artrite e poliartrite
  • Reumatismo articular
  • Acne
  • Dificuldade de cicatrização
  • Azia
  • Gastrite

Referência bibliográfica:

Paschoal, V.; Marques, N.; Cant’Anna, V. Nutrição Cínica Funcional: Suplementação. São Paulo: Valéria Paschoal Editora Ltda, v. 1, 2015.

Padrazzi, Pierre. l’ Oligotherapie Reactionnelle. Ed. Similia.

Ménétriér, Jean.  A medicina das funções. Ed. Organon.

Suplementação de Neurocell Biocell

Benefícios da Suplementação de Neurocell:

O Neurocell é um suplemento composto por: Magnésio e Selênio.

Esse suplemento auxilia o relaxamento, melhora a qualidade do sono, reduz o estresse e a ansiedade. Atua também sobre a depressão em conjunto com o Cobre-Magnésio.


Aplicações Clínicas da Suplementação de Neurocell (Orientada por médico ou nutricionista):

Estresse e Insônia

Angústia, Ansiedade e Síndrome do pânico

Depressão

Distúrbios bipolares

Emotividade

Irritabilidade e Agressividade

Psicopuridos e Psicodermatose

Anorexia nervosa

Alterações de comportamento

Manifestação psicossomáticas

Perturbações da adaptação familiar e profissional

Dificuldade de inserção no circulo familiar e escolar

Espasmofilia

Fibromialgia

Idosos com tendência a depressão

Referência bibliográfica:

Paschoal, V.; Marques, N.; Cant’Anna, V. Nutrição Cínica Funcional: Suplementação. São Paulo: Valéria Paschoal Editora Ltda, v. 1, 2015.

Padrazzi, Pierre. l’ Oligotherapie Reactionnelle. Ed. Similia.

Ménétriér, Jean.  A medicina das funções. Ed. Organon.

Suplementação de Multiminerais Biocell

Benefícios da Suplementação de Multiminerais:

  O Multiminerais é um suplemento composto por: Vitamina A, Ferro, Zinco, Magnésio, Cobre, Manganês, Molibdênio, Flúor e Selênio.   A Vitamina A na forma retinal é necessária para a transdução da luz em sinais neurais necessários para a visão. O ácido retinoico é necessário para a manutenção da diferenciação normal da córnea e das membranas conjuntivas, prevenindo a xeroftalmia, bem como para os fotorreceptores e para as células de cone. A vitamina também se combina com a proteína opsina, para formar os pigmentos fotossensíveis, rodopsina e iodopisina, nas hastes e cones dos olhos, responsáveis pela visão. Ela ainda atua na expressão gênica de proteína estruturais, sendo fundamental para a manutenção da integridade das células epiteliais; na secreção e proliferação de linfócitos; e na secreção de hormônio do crescimento (GH).    

Sintomas da Deficiência de Vitamina A:

Xeroftalmia (cegueira noturna)
Xerose conjuntival
Mancha de Bitot
Xerose corneal
Ulceração da córnea
Hiperqueratose folicular (ressecamento da pele)
Retardo no crescimento
Aumento no risco de infecções
Anemia
*Estudos apontam que no Brasil, cerca de 70% das crianças em idade pré-escolar apresentam deficiência de retinol.
*A deficiência de Zinco causa uma conseqüente deficiência de Vitamina A, que causa deficiência de Ferro. Assim é importante a suplementação concomitante dos três nutrientes.
*Pacientes bariátricos costumam apresentar deficiência dessa vitamina.

Aplicações Clínicas da Suplementação de Multiminerais (Orientada por médico ou nutricionista):

Gestação
Pacientes bariátricos
Crianças
Estimulante e regulador do sistema imunológico
Leucopenias
Anemia ferropriva
Doenças auto-imunes
Pós operatório
Remineralizante
Praticantes de atividade física
Atletas
Má alimentação

Referência bibliográfica:

Paschoal, V.; Marques, N.; Cant’Anna, V. Nutrição Cínica Funcional: Suplementação. São Paulo: Valéria Paschoal Editora Ltda, v. 1, 2015.

Padrazzi, Pierre. l’ Oligotherapie Reactionnelle. Ed. Similia.

Ménétriér, Jean.  A medicina das funções. Ed. Organon.

Suplementação de Multilise Biocell

Benefícios da Suplementação de Multilise:

O Multilise é um suplemento antioxidante e anti-envelhecimento. Esse suplemento melhora a qualidade do sono, estimulando a produção da melatonina e do hormônio do crescimento. Além dos benefícios dos 3 minerais presentes em sua composição, ele conta com os benefícios da Vitamina E. Essa vitamina possui propriedades antioxidantes, pois age sobre radicais peroxil e alcoxil em ambientes lipídicos, prevenindo a peroxidação lipídica nas lipoproteínas e membranas celulares, especialmente no tecido nervoso. Além disso, o consumo de Vitamina E pode prevenir o aumento dos níveis de proteína C reativa, elevar a liberação de óxido de nítrico (estimulando a vasodilatação e melhor função endotelial) e reduzir os níveis circulantes de colesterol e de citocinas pró-inflamatórias.

 

Sintomas da Deficiência de Vitamina E:

Neuropatia periférica
Ataxia espinocerebelar (semelhante à labirintite)
Miopatia esquelética
Retinopatia pigmentada
Anemia hemolítica
Aumento de radicais livres (espécies reativas de oxigênio)

 

Aplicações Clínicas da Suplementação de Multilise (Orientada por médico ou nutricionista):

Melhora a qualidade do sono
Anti oxidante
Estresse físico
Estado de esgotamento cerebral
Estimulante metabólico
Emagrecimento
Lipodistrofias (celulite)
Aumenta a elasticidade e tonificação
Estimula a síntese de elastina e colágeno da pele
Aumenta o tônus do tecido muscular
Menopausa
Somatopausa
Fortalece unhas e cabelos

 

Referência bibliográfica:

Paschoal, V.; Marques, N.; Cant’Anna, V. Nutrição Cínica Funcional: Suplementação. São Paulo: Valéria Paschoal Editora Ltda, v. 1, 2015.

Padrazzi, Pierre. l’ Oligotherapie Reactionnelle. Ed. Similia.

Ménétriér, Jean.  A medicina das funções. Ed. Organon.

 

MULTILISE

 

Suplementação de Manganês-Vitta B12 Biocell

Benefícios da Suplementação de Manganês-Vitta B12: A vitamina B12 é essencial para diversas reações bioquímicas, como: redução de ácidos ribonucléicos, biossíntese de metionina, isomerização de metilmalonato em succinato, entre outras reações. Sua principal função no ser humano é agir como cofator enzimático. As três principais classes de enzimas dependentes dessa vitamina são isomerases, metiltransferases e as de-halogenases reduzidas. Dessa forma, essa vitamina é necessária para ressíntese de metionina a partir da homocisteína.  Assim, a deficiência do nutriente pode causar hiper-homocisteinemia. Essa vitamina atua, ainda, na desmetilação da metil-tetra-hidrofolato para gerar tetra-hidrofolato, necessário para a síntese de DNA. A mesma é essencial no metabolismo dos ácidos graxos, agindo como intermediário no ciclo dos ácidos tricarboxílicos. A enzima dependente desse nutriente, a metilmalonil-CoA mutase, age no metabolismo do ácido propiônico convertendo a enzima em succinil-CoA. Assim a deficiência de vitamina B12, ou alteração de seu metabolismo, poderia causar um comprometimento do metabolismo do ácido propiônico (com acúmulo de metilmalônico), fato esse que pode ser responsável pelos danos neurológicos relacionados à deficiência da vitamina. Quando associada com o Manganês (considerando a ação do mesmo na tonicidade das paredes dos vasos sanguíneos), é possível notar uma melhora no sistema cardiovascular, especialmente no retorno venoso, melhorando também a oxigenação.   Sintomas da Deficiência de Vitamina B12: Os grupos de risco, para a deficiência dessa vitamina são idosos, pacientes submetidos à cirurgia bariátrica, gestantes, crianças e veganos. Fadiga Neuropatia periférica e sensorial Alterações na língua e boca Anemia macrocítica Anemia perniciosa (megaloblástica) Confusão mental Perda de memória Demência Alucinações Baixa coagulação sanguínea Hematomas Dermatite e sensibilidade de pele Perda de apetite Náuseas e vômitos Tosse crônica   Aplicações Clínicas da Suplementação de Manganês-Vitta B12 (Orientada por médico ou nutricionista): Síndrome  distônica Precordialgias Acidentes vasculares Claudicação intermitente Hipertensão arterial Doença de Raynound Cefaléias difusas Acrocianose Varizes Hemorróidas Parestesias Cãibras Gastrite Aerogastria Duodenite Ulcera gástrica Ulcera duodenal Discinesia das vias biliares Colopatias funcionais Enfisema pulmonar   Referência bibliográfica: Paschoal, V.; Marques, N.; Cant’Anna, V. Nutrição Cínica Funcional: Suplementação. São Paulo: Valéria Paschoal Editora Ltda, v. 1, 2015. Padrazzi, Pierre. l’ Oligotherapie Reactionnelle. Ed. Similia. Ménétriér, Jean.  A medicina das funções. Ed. Organon.  
MANGANÊS-VITTA B12